5 dicas TransTour para efetuar uma gestão de frotas eficiente

24 de agosto de 2020

Realizar uma gestão de frotas eficiente é crucial para as transportadoras. É um importante elo da cadeia logística que liga as empresas aos seus clientes.

O transporte de mercadorias otimizado tem impacto direto nas vendas, nos custos, no cotidiano das operações, no estoque e, principalmente na satisfação dos clientes. Mas o que é e como fazer a adequada gestão de frotas?

Administrar a frota é gerir toda a cadeia que envolve a operação de uma transportadora e envolve várias etapas que têm o objetivo de garantir que os pedidos estão sendo atendidos no tempo previsto, empregando as melhores práticas e os recursos adequados.

Sem um controle eficiente da frota, a transportadora além de gastar mais recursos, perde eficiência e, consequentemente, clientes.

Pensando nisso, a TransTour Logística, que há três décadas se dedica a oferecer as melhores soluções em transporte de cargas, elaborou cinco dicas para a gestão eficiente de frotas. Acompanhe:

Primeira dica – Conheça o seu negócio

Muitos empresários têm um limitado conhecimento da área em que atuam, mas isso não basta. É preciso conhecer a fundo o seu negócio, expectativas e, principalmente os recursos disponíveis e os não disponíveis.

É nessa etapa que um diagnóstico detalhado deve ser elaborado, com dados acerca dos veículos que compõem a frota, trabalhadores envolvidos nas operações, práticas e atividades. Dessa forma obtêm-se um perfil detalhado do serviço, identificando o número de veículos e o estado de conservação de cada um, como estão as revisões (mecânicas e de pneus), quais os custos operacionais e como está o desempenho da equipe.

Segunda dica – Identifique onde quer chegar

Agora que você conhece de verdade o seu negócio é hora de estabelecer onde quer chegar. Essa é uma etapa fundamental para uma gestão eficiente da frota, que mostrará o caminho a seguir para cumprir as metas estabelecidas.

É recomendável no estabelecimento de metas, definir as prioridades e seguir uma etapa por vez, para não desorganizar as ações e tornar os objetivos inatingíveis.

Terceira dica – Se necessário mude, mas com planejamento

Com as metas definidas para fazer a gestão da frota da sua transportadora de forma eficiente, pode mostrar-se necessário implementar algumas mudanças. Até para promover transformações é preciso planejamento, para que sejam alinhadas de forma eficaz, as práticas operacionais com as decisões necessárias para tornar o gerenciamento da frota verdadeiramente otimizado.

No planejamento devem ser considerados fatores determinantes para a gestão eficiente da sua frota, como a avaliação do consumo de combustível (um bom sistema de gerenciamento auxilia no controle real do que é utilizado por quilômetro rodado), a manutenção constante dos veículos (com um cronograma para programação de forma que não haja intervalos maiores que 30 dias), um controle previsível de gastos (estabelecendo uma meta orçamentária que, quando diminuída representa mais lucro, menos desperdício e melhor aproveitamento de insumos e mão de obra) e claro, um minucioso planejamento de rotas fundamentado no custo/benefício (o caminho mais rápido pode não ser o melhor e pode gerar degradação da frota).

Lembre-se que mudanças não são fáceis e muitas vezes dependem de decisões difíceis, por isso o planejamento é indispensável.

Quarta dica – Coloque “a mão na massa”

A partir do momento que você sabe o que quer, onde quer chegar e está pronto para efetuar mudanças (mesmo as mais difíceis), está na hora de colocar tudo isso em prática. O tempo que vai levar para aplicar todo o planejamento na otimização da sua frota não é determinando, o que importa é que todos os passos sejam seguidos, de acordo com o que foi esquematizado.

Quinta dica – Acompanhe o processo diariamente

Tudo planejado e colocado em prática é hora de acompanhar, controlar e mensurar o andamento da operação. Certifique-se que os critérios estabelecidos no planejamento estão sendo cumpridos e não desanime se tiver que rever algumas ações, faz parte da otimização.

Para um gerenciamento da frota eficiente é preciso o acompanhamento diário de toda a operação, se certificando se está havendo o controle do combustível, se a rota está sendo devidamente planejada, se os trabalhadores estão bem e entregando um bom atendimento, se o código de trânsito está  sendo cumprido e se seu cliente está satisfeito.

Uma operação controlada permite o acompanhamento contínuo de todo o processo, mesmo com o cumprimento das metas estabelecidas. É esse controle que pode garantir que a qualidade e a otimização que alcançada terão prazo ilimitado.

A TransTour sabe que uma eficiente gestão de frotas é fundamental para o gerenciamento dos veículos, centralizando todas as atividades de controle como manutenção, combustível, controle de quilometragem, entre outros detalhes. Saber fazer um gerenciamento de veículos eficiente ajuda a controlar custos, prever situações e garantir um uso consciente dos recursos dentro de uma transportadora. Pense nisso.

 


Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber mais dicas gratuitamente?

Cadastre-se para receber dicas sobre Logística


Trans Tour, referência em soluções logísticas personalizadas com qualidade, segurança e inovação.

Categorias