Veja 6 Estratégias da Logística Multimodal

17 de novembro de 2020

A logística multimodal é basicamente o uso de dois ou mais modais de transporte numa mesma entrega. Com o objetivo de proporcionar maior agilidade nas operações de transporte de cargas, além da busca por torná-las mais eficiente.

Deste modo, essa logística comumente envolve serviços de coleta, unitização, movimentação e armazenagem de cargas. Sendo que para ocorrer o transporte de produtos em tal operação é necessária a existência de um Operador de Transporte Multimodal (OTM). Trata-se de uma empresa que assumirá a responsabilidade sobre o envio da carga, embora ela não execute nenhuma das etapas relacionada ao serviço logístico.

Porquanto, para entender melhor sobre como funciona a logística multimodal, a seguir veremos 6 estratégias a respeito desta atividade.

1 – Combinação Transporte Aéreo – Rodoviário 

Como já mencionado o transporte multimodal é a utilização de dois ou mais modais para realizar uma entrega. À vista disso, umas das combinações bastante aplicadas neste processo são os dois modais mais conhecidos atualmente, o rodoviário e o aéreo.

Neste contexto, só poderão ser transportadas certos tipos de cargas, já que no modal aéreo existe algumas limitações quanto a peso, espaço e estrutura. Então a fim de que este método seja eficaz, as mercadorias serão coletadas pelo transporte rodoviário, por meio de veículos de pequeno porte e em seguida levadas para o aeroporto, onde serão acondicionadas em aeronaves.

2 – Política de Exportação Competitiva 

A multimodalidade é um importante instrumento estratégico no que se refere à política de exportação competitiva.

Em razão de que através dela o país poderá dispor de ferramental adequado ao empresário que necessita concorrer com empresas do exterior no comércio internacional.

3 – Redução de Custos e dos Prazos

Geralmente o OTM visa à melhor infraestrutura disponível e de modais que sejam mais eficientes de acordo com cada tipo de carga. Assim, reduz os custos, e logicamente os prazos seja nas operações ou especialmente no tempo de entrega.

Assim, com prazos otimizados também auxiliam na redução de custos, principalmente relativo aos fretes dos operadores. Isso porque é possível fazer bons acordos graças às recorrentes contratações, outrossim, é a liberdade para escolher entre os contratados que apresentarem o melhor custo benefício.

4 – Centralização da Responsabilidade

Em relação às responsabilidades no transporte multimodal, em geral apenas uma pessoa fica responsável pela operação de envio das mercadorias, o agente OTM. Dessa maneira, centraliza o processo, mesmo que ele não cuide de todas as etapas, mas ficará responsável por tudo que acontecer. Logo, o agente deve assegurar que haja o excelente funcionamento das operações de entrega.

5 – Menor Burocracia

Certamente com a multimodalidade haverá menos burocracia, já que o negócio é praticamente todo de responsabilidade da OTM. Neste caso é realizado apenas um contrato vigente durante todo o processo, desde a origem até o destino, ou seja, é dispensada a assinatura de vários contratos.

6 – Uso Aprimorado da Tecnologia

Nessa logística, quando o OTM é bem informatizado toda a operação é aprimorada através do uso de tecnologia da informação. Mas, além disso, usualmente otimiza diversos processos como os de armazenagens e distribuição.

Portanto, a logística multimodal é considerável no que diz respeito à entrega de diversas encomendas, ainda mais quando estas forem para longas distâncias. Pois assim, e acordo com essas estratégias, consequentemente contará com mais benefícios durante o seu transporte.


Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber mais dicas gratuitamente?

Cadastre-se para receber dicas sobre Logística


Trans Tour, referência em soluções logísticas personalizadas com qualidade, segurança e inovação.

Categorias